Tamo tipo Pantera Negra

Segunda, 05 de março de 2018


Mano, se tem uma coisa que acho foda nas músicas, é o fato delas estarem sempre ali para conversar com a gente. Sempre no momento em que mais precisamos delas.

Vai existir uma música pronta pra falar contigo, porque ela sabe que aquele dia foi barra pra ti. Também tem aquelas músicas que estão aí, te esperando pra festejar contigo uma nova conquista.

Manja aquela música que sabe que o dia tá fechado e vai chover e que, a melhor coisa a se fazer, é ficar quietinho com você? Tem também a música que é fitness como você.

Tem a música do metrô, do trem e do busão.

Aquela lá que te enche de energia. A que estufa o peito. Aquela que trabalha seu cérebro. A que bombeia teu coração quando você se pega pensando naquela pessoa.

Tem aquelas que te traduz, pelo menos naquele ponto da vida que você tá.

Uma que vem, chama e te faz mais forte. Com a garra, razão e frieza. Se a barra tiver pesada, a certeza é voltar como quem?

Voltar tipo Pantera Negra

Tendeu?

A batida, letra, voz, a certeza de que alguém tá falando contigo através das palavras, batucadas e seja lá o que mais for.

Alguém, de alguma forma, em outro contexto, sem imaginar que você existe ou o que te colocou pra botar os fones, conseguiu dizer o que você sentia.

Essa pessoa escreveu e produziu algo porque te compreende. Talvez porque foi compreendido, também, por alguma música. te entendeu a chamou isso de música.

E esses sons estão aí, falando com a gente. E quanto a nós, cada um do seu lado, do seu jeito, vamos pegando a manha e entendendo o que precisa ser externado de tudo aquilo que sentimos.

Um bom dia. A prova do vestibular. A entrevista de emprego. A porcaria do metrô falhando pelo terceiro dia seguido. A briga com quem você gosta. O tal do arrependimento por algo que fez. As desculpas dadas a quem devia recebe-las.

As coisas que se encaixam, como se elas sempre esperassem por isso.

Em todos os sentidos, fazendo sentido ou não pra ti, pode ter a certeza que alguma caneta e papel desenhou, através de palavras e batucadas, aquela coisa que traduz o que sente.

Por aqui, chego tipo Pantera Negra.

Espero que, de uma maneira ou outra, faça sentido para você também.


TAGS desta postagem

voltar